Teatro e Marionetas de Mandrágora

Teatro e Marionetas de Mandrágora

Diálogos Artísticos.

7 jun 2024 . sexta-feira
Desde o nascimento do Teatro e Marionetas de Mandrágora que os criativos se lançaram em diálogos artísticos multidisciplinares, em colaborações e diversas parcerias. As mesmas cobrem um vasto leque de sinergias e assim sendo também a equipa plástica criativa, que é o eixo central de toda a criação plástica dos projetos da companhia, vai ao encontro de outras entidades e estruturas que sentem a necessidade de procurar estes profissionais, tecnicamente especializados, na procura de respostas às suas necessidades criativas, educativas ou patrimoniais.
Assim as colaborações entre projetos e artistas plásticos são amiúde chamadas a acontecer, criando diálogos artísticos desafiantes e inovadores que trazem com certeza novas e distintivas partilhas de aprendizagens, que não só suprem necessidades técnicas, mas antes potenciam colaborações e evoluções criativas conjuntas.
As colaborações, muitas delas ao longo dos anos repetidas, criam entre entidades estas importantes parcerias que permitem uma observação não só dramatúrgica, mas também técnica e plástica. O diálogo entre artistas das artes cénicas e de outras pontes de potenciação de criação plástica, lançam um movimento e impulsionam a transmissão do conhecimento especializado, implementando em cena, ou em espaços, projetos consolidados artisticamente, onde a aprendizagem conjunta é acima de tudo uma posição na forma de estar dos criativos da estrutura.

A Fantástica História de uma Criança Chamada Pinóquio : https://marionetasmandragora.pt/afantastica

A exposição Palco das Marionetas chega à Escola Superior de Educação, no Porto.

4 jun 2024 . terça-feira
Seguimos em dar continuidade à sua viagem numa intensa série de apresentações pelo país, apresentando algumas peças do nosso vasto espólio de marionetas, bem como adereços e esculturas que subiram à cena teatral, nos últimos 22 anos que marcam a sua atividade teatral.
Esta exposição é uma caminhada pelo lado menos conhecido do teatro de marionetas. É também a segunda vida destes objetos, destas figuras. A marioneta tem uma função artística, mas também pedagógica, lúdica e terapêutica. Sobretudo é um modo de comunicarmos ideias, emoções, sentimentos, de modo sensível, estético, transformando a dimensão do diálogo. Caminhamos até ao lugar onde a formação é o espaço de excelência. A sua presença na Escola Superior de Educação chega num momento em que se estabelece uma ligação de formação, de partilha de conhecimento e estreitamento de sinergias e empatias.
Compreender a marioneta e a sua dimensão simbólica e metafórica, entender os processos de construção bem como a dramaturgia imbuída na escultura, dando a entender os pontos de partida para a sua presença em cena, destinada a diferenciados públicos, com distintos recursos plásticos bem como com múltiplas técnicas de manipulação. Para o Teatro e Marionetas de Mandrágora esta exposição, e a sua apresentação ao público, integra a sua missão de dar continuadamente a conhecer a diversidade que existe em torno desta arte.

Dias da Viagem : https://marionetasmandragora.pt/diasdaviagem

Família, crianças, amigos, visitantes, todos são bem vindos a este lugar que a todos pertence.

2 jun 2024 . domingo
420 pessoas realizaram as oficinas do Mosteiro de São Martinho de Tibães, integrado na programação cultural dos Dias de Festa.
Fantoches, pequenos teatros, personagens, máscaras, pássaros… as crianças deambulam pelo Mosteiro com as suas figuras animadas deixando no espaço a noção de um trabalho teatral conquistado pela sua afetividade com os objetos que criam.
A exposição Palco das Marionetas está patente hoje ainda e pode ser visitada e acompanhada da descrição áudio guia disponível através de QRCode.
Hoje as salas abriram e uma excelente equipa de formadores está à vossa espera.

Exposições.

28 mai 2024 . terça-feira
Ao longo destes anos, a Companhia tem vindo a realizar um conjunto de atividades desde espetáculos, oficinas ou colaborações que permitiram reunir um vasto espólio. Fomos a perceber que a mostra deste espólio era necessária, tanto para a Companhia, na sua promoção e divulgação, bem como para o público que sempre aderiu de um modo espantoso.
Quer seja pelo fator lúdico, pedagógico ou artístico, a mostra dos nossos trabalhos faz parte integrante da intenção de dar a conhecer as múltiplas facetas do teatro das marionetas que ladeiam a apresentação da criação em contexto de espetáculo.

Palco das Marionetas : https://marionetasmandragora.pt/expopalco

13

27 mai 2024 . segunda-feira
O grau de loucura destes meus companheiros artistas é grande. Fossem todas as loucuras assim… a Companhia estará este fim de semana composta por uma equipa artística e técnica de 13 elementos. Os números valem o que valem, mas é para nós uma loucura boa de gestão e preparação.
Estaremos no Mosteiro São Martinho de Tibães com 6 oficinas e uma exposição dias 1 e 2 de junho.
Estaremos em Aveiro, Esgueira, a apresentar nos mesmos dias 1 e 2 a nossa criação “A Breve História de Portugal”. No dia 2 estaremos no Centro Cultural do Carregal do Sal com a criação “Depois da Chuva”.

Projetos Comunitários.

26 mai 2024 . domingo
As repercussões do trabalho artístico na comunidade permitem considerá-lo uma excelente ferramenta de empoderamento da pessoa com vulnerabilidade. Vários projetos implementados por diferentes organizações artísticas levam a concluir que se verificam melhoramentos comportamentais integrativos nos meios.
O apoio governamental ao desenvolvimento de diversos programas nesta vertente são um relevante elemento facilitador de várias associações e instituições, que se debruçam ativamente sobre esta temática, criando projetos de desenvolvimento social através da arte.

“O conceito Educação pela Arte foi sendo objeto de reflexão de alguns pedagogos, filósofos e até historiadores, enquadrando-se na emergência de 'novos valores e conceitos' em contextos de transformação de caráter social, económico e ideológico. Assim, surgem vários escritos, nacional e internacionalmente, produto de preocupação e reflexão.” (Meira, 2015).
Em linha com deste pensamento, o trabalho apresentado demonstra a importância da prática artística nas comunidades que acolhem indivíduos com diferentes vulnerabilidades, de distintos escalões etários.

Embora Morin tenha uma visão muito clara do nosso processo de pensamento e dos seus “princípios ocultos”, a sua visão das coisas e do mundo é deturpada por crenças e, acima de tudo, com o objetivo de apagar o véu sobre um pensamento generalizado que o indivíduo em situação de debilidade usufrui apenas do contacto artístico como positivismo social, sem que isso seja devidamente analisado. O criador de arte e o seu potencial criativo são fundamentais nessas comunidades segregadas socialmente. (Morin, 2005)

aldeia balão : https://marionetasmandragora.pt/aldeiabalao

Desejamos a liberdade para sonhar!

20 mai 2024 . segunda-feira
A liberdade é um assunto para todos, crianças e adultos, a liberdade está em cada gesto, em cada palavra, em cada escolha.
No âmbito das comemorações dos 50 anos do 25 de Abril, a companhia Teatro e Marionetas de Mandrágora, acompanhando a estreia do espetáculo “A menina que pintava pássaros”, lança o livro infantil, “ALMA livre”, onde se fala de liberdades e prisões.
Numa metáfora entre o jogo “pedra, papel, tesoura” constroem-se personagens e personalidades que se libertam e se oprimem, como se ser desse modo estivesse na sua natureza. O olhar sensível e consciente das crianças sobre outras crianças, a quem a liberdade por tantas razões é retirada, é o colocar de sementes de liberdade no pensamento e corações.
As ilustrações, poéticas e sensíveis, ajudam a tentar colocar as crianças perante a escolhas, que liberdade temos, que tipo de crianças escolheriam elas ser: pedra, papel ou tesoura. A jogar se entende o mundo e nos textos poéticos apresentados, nas imagens cujas cores nos levam a viajar, vamos entendendo o mundo que queremos para nós e o mundo que não queremos que exista.
Desejamos a liberdade para sonhar, a liberdade para escolher, só assim, nesse desejo a nossa alma poderá ser uma menina livre!

ALMA livre : https://marionetasmandragora.pt/almalivre

Celebrar os Museus.

18 mai 2024 . sábado
Desde 2003 que o Teatro e Marionetas de Mandrágora colabora com inúmeros Museus nacionais no sentido de, através da marioneta, criar um programa conjunto de Serviço Educativo, dirigido a grupos, famílias e jovens públicos.
Destacamos, neste dia em que celebramos o Dia Internacional dos Museus, o espetáculo “Grãos de Areia”, que nasce fruto da parceria entre o Teatro e Marionetas de Mandrágora e o Município de Espinho.
Este projeto, nascido em 2016 e em regular apresentação ao longo destes anos, permite ao visitante do Museu ter uma experiência com a história da região, da construção e valores da cidade, através de símbolos e objetos animados que o teatro de sombras tão bem sabe partilhar. Assim, ao visitarem o Museu de Espinho, podem observar também o espaço que tem sido ao longo de quase 15 anos a casa do Teatro e Marionetas de Mandrágora.
Aliando o património ali patente, através do espólio da antiga Fábrica Brandão Gomes e da tradição piscatória tão típica deste mar que banha o Museu, podem também assistir ao espetáculo de teatro de marionetas que o Serviço Educativo preparou para em conjunto celebrarmos os Museus como espaços de memória, de arte, de cultura, espaços vivos que se celebram chamando a si o público. Por isso lá estaremos em família, com amigos e sempre em comunidade!

Grãos de Areia : https://marionetasmandragora.pt/graosdeareia

Cruzes, está esgotado!

17 mai 2024 . sexta-feira
Como tem acontecido nas últimas oficinas, esta próxima também está esgotada. As famílias deixam-nos sem palavras com a adesão e sucesso desta proposta. Para quem não tem conseguido vaga, pedimos que tenham paciência e se tentem inscrever com a maior antecedência possível.
“Cruzes Cruzeta” é uma oficina para crianças e famílias onde cada pequeno construtor faz nascer a sua marioneta, que depois manipula, dando vida na oficina e estamos em crer em casa seguirá a sua caminhada teatral.
Já sabem, sempre no último sábado de cada mês pela manhã em frente ao rio Douro na Casa Branca de Gramido, em Gondomar. Gratuitamente, com o apoio do Município de Gondomar e numa proposta do Teatro e Marionetas de Mandrágora., acontece o projeto Casa Educativa da Marioneta, premiado em 2023 pela “Feria de Teatro de Castilla y León” da Ciudad Rodrigo em Espanha com o “Prémio Rosa María García Cano”.

Marionetas de Fios - Cruzes Cruzeta : https://marionetasmandragora.pt/cruzescruzeta

Alicerçar diálogos.

17 mai 2024 . sexta-feira
Foi com imenso gosto que o diretor plástico do Teatro e Marionetas de Mandrágora, Rúben Gomes, ou mais conhecido por enVide neFelibata desceu o país para ir ao encontro dos nossos companheiros na arte da marioneta, a companhia Mãozorra — Teatro de Marionetas.
Ao longo deste muitos anos de companhia, o Teatro e Marionetas de Mandrágora tem desenvolvido inúmeros projetos de colaboração, e tem sido este um princípio fundamental para nós. O estabelecer de uma residência criativa para a execução de um trabalho plástico de envolvimento com a comunidade, convidando-a a participar sobre a peça criada, alicerça os diálogos entre a criação de objetos e a intervenção artística com o público. O Algarve, fica distante de Espinho e de Gondomar, mas a relação das companhias de digressão faz deste país um lugar de vizinhanças colocando o longe aqui e criando pontes e travessias de criações conjuntas.

Autómatos : https://marionetasmandragora.pt/automatos

Object Score por Duda Paiva.

17 mai 2024 . sexta-feira
Está esgotada a formação “Object Score” para profissionais, com o artista Duda Paiva, que virá da Holanda em julho próximo. Foram inúmeros os artistas que de todo o país se inscreveram, pelo que agradecemos o voto de confiança nesta aposta. Esta formação decorre no âmbito do Ei! Marionetas 2024 — Encontro Internacional de Marionetas de Gondomar celebrando a sua décima edição.
De reconhecido mérito artístico internacional este artista pauta-se por um trabalho plástico e de manipulação de grande excelência sendo a sua linha artística marcada por uma forte confrontação entre o ator, a densidade psicológica das personagens e a relação entre o corpo do ator manipulador e da marioneta.
Uma aposta do Teatro e Marionetas de Mandrágora que revela a necessidade premente de uma formação continuada de atores com experiência na arte da marioneta, uma área sobre a qual a companhia considera fundamental uma oferta de qualidade, multidisciplinar e abrangente. Deixamos a todos o nosso agradecimento pela inscrição certos que será uma experiência profundamente enriquecedora.

Antes e depois de um espetáculo.

15 mai 2024 . quarta-feira
A Companhia elabora programas e projetos onde, através de leituras ou da reformulação de programas artísticos, que podem ter múltiplos pontos de origem, propõe a reinterpretação de uma temática.
Quer seja na interpretação de trechos de criações, na leitura de textos, no trabalho cénico ou plástico, esta forma de ligar a palavra, a imagem e o público pressupõe uma relação informal do diálogo.

Cuca Macuca : https://marionetasmandragora.pt/cucamacuca

Estamos muito gratos.

15 mai 2024 . quarta-feira
A convite da Câmara Municipal de Gondomar apresentamos a leitura encenada “Cuca Macuca”, na reunião do Concelho Metropolitano de Vereadores da Cultural, na Casa Branca de Gramido.
Foi com muito orgulho, que apresentamos este projeto que resgata as lendas e tradições de Gondomar.

Cuca Macuca : https://marionetasmandragora.pt/cucamacuca

Venham em família, ou com amigos, mas venham!

4 mai 2024 . sábado
Estreia, hoje, “histórias da terra”, pelas 17h00, no Centro Cultural de Cabreiros, em Braga, integrando o programa Descentrar.
Este projeto criado para viajar, levar histórias da tradição popular portuguesa aos espetadores é um momento de partilha.
Faremos dentro de portas, o tempo tem-nos feito dar muitas voltas. Mas o Centro Cultural é um lugar abrigado, onde acontece pelas 14h00 uma oficina (já esgotada) seguindo-se a estreia.

histórias da terra : https://marionetasmandragora.pt/historiasdaterra

A Instalação Artística.

20 mar 2024 . quarta-feira
O meio que nos envolve é inspirador, fonte de diálogo entre espaço público e a arte. Assim, a instalação artística integra o espaço urbano e rural, quer através de eventos e iniciativas, ou informalmente, se apresenta a todos. A arte pode e deve estar presente fora das galerias, dos espaços de exposição, também ali, mas não somente ali. Quer seja via artistas convidados, ou mediante programas comunitários intergeracionais, a instalação da arte no espaço público, é uma afirmação. A arte é importante no nosso quotidiano, quer seja em harmonia, quer seja como confronto de ideias e de conceitos que nos instigam à ponderação. E de súbito na caminhada o individuo se vê em frente à obra, a instalação, ao romper da rotina pela arte. E assim se instigam pensamentos, ponderações ou a simples contemplação estética de algo que nasce inusitadamente para colocar a mente do indivíduo num lugar de realidade artística.

Vestir a Primavera : https://marionetasmandragora.pt/vestiraprimavera

Estreia acompanhada de primavera.

10 mar 2024 . domingo
Temos o prazer de vos convidar para a ESTREIA que chega acompanhada de primavera, em sessões dedicadas aos grupos escolares e para o público em geral.
“A menina que pintava pássaros” é uma ideia, um pensamento, uma afirmação sobre a fragilidade da liberdade em cada um de nós. Uma espiral que nos leva a jogar, a querer avançar, crescer, onde ficam impressas marcas por vezes indeléveis, outras vezes profundas e contundentes. Mas a esperança é um sentimento poderoso e a capacidade de avançar é um ato que cada um de nós pode deixar crescer dentro de si.
Este é um espetáculo intimista onde o público habita o espaço cénico e partilha esta estória bem junto das nossas personagens e acontecimentos.
Sendo um espaço com lotação limitada, recomendamos que procedam à compra antecipada dos bilhetes.

A menina que pintava pássaros : https://marionetasmandragora.pt/amenina
^