Teatro e Marionetas de Mandrágora

O Meu Avô Consegue Voar! / espetáculo de embalar em cena

a partir do texto de Pedro Seromenho e ilustrações de Paulo Galindro

M.3 . 00h45
O Meu Avô Consegue Voar!
O Meu Avô Consegue Voar!
O Meu Avô Consegue Voar!
O Meu Avô Consegue Voar!
O Meu Avô Consegue Voar!
O Meu Avô Consegue Voar!
O Meu Avô Consegue Voar!
O Meu Avô Consegue Voar!
O Meu Avô Consegue Voar!
O Meu Avô Consegue Voar!
O Meu Avô Consegue Voar!
O Meu Avô Consegue Voar!
Pelos olhos do Pedro viajamos à infância das boas memórias, onde o avô era um herói e a avó um mar de carinho. Viajantes nesta história, brincamos, com o avô herói que enfrenta o mar, que voa mesmo sem capa e leva-nos no seu foguetão, ensina-nos a escutar o som do mar num búzio, a nadar... Existe um momento na infância em que os avós ficam gravados no coração com o maior amor que uma criança pode ter.

atividades paralelas

vídeo

ficha artística

DIREÇÃO ARTÍSTICA Filipa Mesquita
TEXTO Pedro Seromenho
INTERPRETAÇÃO Filipa Mesquita
DIREÇÃO PLÁSTICA enVide neFelibata
MARIONETAS enVide neFelibata, Joana Nogueira, Vânia Kosta
CENOGRAFIA Joana Nogueira
FIGURINOS E ADEREÇOS Vânia Kosta
MÚSICA CÉNICA Fernando Mota
DESENHO DE LUZ César Cardoso
FOTOGRAFIA DE CENA Margarida Ribeiro
APOIO À CONSTRUÇÃO Hélder Silva
PRODUÇÃO Teatro e Marionetas de Mandrágora
PRODUÇÃO EXECUTIVA Clara Ribeiro
PARCERIA Municipio de Braga
APOIO Câmara Municipal de Espinho, Câmara Municipal de Gondomar, Fórum de Arte e Cultura de Espinho, Governo de Portugal, Direção Geral das Artes

depoimentos

Não percebemos nada de mecânica, por isso não sabemos como voa um avião, um helicóptero ou um foguetão como os que o Pedro desenhou na casa-de-banho dos avós. Mas sabemos o que faz voar as pessoas: o amor que lhes temos e damos. O MEU AVÔ CONSEGUE VOAR é a carta de amor de Pedro Seromenho ao seu avô, interpretada pela Teatro e Marionetas de Mandrágora através das suas marionetas, mas pode ser a nossa a todos aqueles de quem gostamos, à casa de quem queremos sempre voltar.

- Festival Palheta - Robertos e Marionetas / 4 MARÇO 2022


Não é que o avô do Pedro tenha asas, mas quando descasca laranjas, por exemplo, a casca que se forma é uma serpentina perfeita. Dá para fazer ondas, animais rastejantes, colares, estradas cheias de curvas. Dá para fazer o que quisermos, a imaginação e a casa dos nossos avós.

No palco, neste Palheta, a Filipa dos Teatro e Marionetas de Mandrágora levou o Pedro e tudo o resto no colo.

- Festival Palheta - Robertos e Marionetas / 4 MARÇO 2022

download

O MEU AVO - AUDIO.ZIP 809.2 Mb
O MEU AVO - CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA.PDF 152.6 Kb
O MEU AVO - DOSSIER 2021.PDF 1.1 Mb
O MEU AVO - POSTAL.ZIP 35.7 Mb
O MEU AVO - RIDER TÉCNICO.ZIP 796.8 Kb
O MEU AVO - ROLL-UP.ZIP 62.8 Mb
ARQUIVO IMAGEM PROMO I 100.2 Mb
ARQUIVO IMAGEM SESSÃO FOTOGRÁFICA 426.7 Mb
ARQUIVO IMAGEM DEPOIMENTOS 209.5 Mb
ARQUIVO IMAGEM ENCONTROS 339.9 Mb
ARQUIVO IMAGEM IN SITE 192.9 Kb
ARQUIVO IMAGEM DESENHOS 40.7 Mb
ARQUIVO IMAGEM PROTÓTIPO 145.6 Mb
ARQUIVO IMAGEM PROCESSO DE CRIAÇÃO 488.5 Mb
ARQUIVO IMAGEM ENSAIOS 123.3 Mb
ARQUIVO IMAGEM VERNISSAGE 6.6 Mb
ARQUIVO IMAGEM POVO 31 Mb

agenda

5 MAR 2023 . DOMINGO . 16h00Theatro Gil Vicente, Barcelos, Braga■ ■ ■

histórico

+ INFO