Teatro e Marionetas de Mandrágora

Bzzzoira Moira / espetáculo de embalar

M.4 . 00h40 . 2009
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
Bzzzoira Moira
As lendas de mouras encantadas e seres fantásticos povoam todo o país. Do norte conheço de perto, desde criança, algumas histórias que se contam sobre estes locais. Esta é a história sobre um poço negro que dizem esconder um tesouro guardado por uma moura encantada por um feitiço. Durante a noite a jovem chora, enquanto se penteia, mas durante o dia é transformada num animal que afugenta o aguadeiro a caminho do poço, onde vai buscar água. Este é o início de uma extraordinária história.
À noite quando percorro as ruas recordo que cada recanto esconde uma lenda, que esconde um mistério, que revela um pouco de nós, da nossa identidade e cultura.

Espetáculo inspirado num conto tradicional do norte de Portugal.
Por momentos a carroça pára. A senhora está com sede e do seu carro saem caixas. Ali, perante os nossos olhos faz acontecer a história que vos vou contar. Dizem que existe uma criatura sedenta de ouro e ela aprisiona jovens mouras para que se penteiem no poço e dos seus cabelos brotem pepitas de ouro que guarda e coleciona. Durante a noite a jovem chora enquanto se penteia, mas durante o dia é transformada num animal que afugenta o aguadeiro a caminho do poço onde se vai buscar água. Primeiro serpente, depois touro e por fim cão que o aguadeiro consegue derrotar. Ali o encantamento da moura termina e a jovem foge com o aguadeiro. A criatura fica só, aguardando, sem ouro, à espera de outra jovem moura. E a carroça continua a sua viagem...


download

BZZZOIRA - DOSSIER.PDF 522.26 Kb
BZZZOIRA - POSTAL.PDF 9 Mb
ARQUIVO IMAGEM ÁLBUM 18 Mb